Como evitar ataques energéticos durante o sono

por Juliana Rissardi

Você sabia que é durante o sono que estamos mais suscetíveis aos  ataques psíquicos e energéticos? No sono, entramos em estado de descanso, não apenas do nosso corpo material, mas também de nossa mente consciente. Sendo assim, quem continua “trabalhando” é o nosso inconsciente, que está menos crítico às informações que recebe ou até mesmo sem lançar crenças e bloqueios. É na hora do sono que estamos com o campo mais aberto para receber sugestões, sejam elas quais forem, e alguém ou algo mal intencionado pode se aproveitar desse momento. Esses ataques podem ocorrer de várias formas, desde pesadelos intensos, até sensações de opressão e presença de energias negativas.

É importante entender que os ataques psíquicos e energéticos durante o sono podem ser causados por uma série de fatores, incluindo a presença de entidades espirituais mal intencionadas (o que não é o assunto tratado aqui), energias densas e negativas, ou até mesmo a influência de pessoas que desejam causar dano ou perturbação a nível energético. Acontece também, como já falei em meu artigo anterior sobre o assunto, do ataque não ser intencional para prejudicar de fato, como o simples pensar com um sentimento muito forte de inveja. Por exemplo, até mesmo um sentimento de ciúmes excessivo, que causa sintomas de vampirismo energético, pode chegar até essa pessoa com muito mais facilidade no momento do sono.

Muitas pessoas relatam sentir-se extremamente cansadas e exaustas após esses ataques, como se tivessem gastado uma quantidade incomum de energia durante a noite. Além disso, a mente pode ficar mais agitada e confusa, tornando difícil a concentração e o foco durante o dia. Leia em artigo anterior como identificar as possibilidades de ser um ataque energético e o que deve ser descartado.

Para se proteger contra esses tipos de ataques durante o sono, é importante adotar algumas práticas de proteção diária ou, no mínimo, recorrentes. Aqui estão algumas medidas básicas que podem ser úteis:

  • Limpeza energética do ambiente: Antes de ir dormir é útil purificar o ambiente onde você irá descansar. Isso pode ser feito utilizando incensos, sprays de purificação ou até mesmo a prática de defumar o ambiente com ervas como sálvia branca, arruda e alfazema.

  • Proteção pessoal: Antes de deitar visualize-se envolto em uma bolha de luz branca e brilhante, que atua como uma barreira protetora contra energias negativas. Visualize essa luz como uma armadura que o protege enquanto você dorme.

  • Banho de sal grosso: Tomar um banho com sal grosso 1 vez por semana pode ajudar a eliminar energias negativas e promover uma sensação de limpeza e purificação. (Detalhe importante: o sal grosso limpa tudo, tudo mesmo, até mesmo energias não densas, então sempre tome um banho de uma erva para preencher de energia boa após o banho de sal, dependendo da sua intenção… camomila, alecrim, manjericão, calêndula, etc, ou passe um incenso em volta de seu corpo pedindo que tudo seja energizado de paz, harmonia e equilíbrio).

  • Manter o quarto organizado: Um ambiente organizado e limpo pode ajudar a manter uma atmosfera mais positiva e acolhedora, o que pode ser útil na prevenção de ataques energéticos durante o sono.

  • Use um amuleto: Transforme um pingente ou um anel, através de seu conjuro, em um amuleto de proteção, por exemplo, eu uso o símbolo de pentagrama ou tetragrammaton no pescoço e com frequência eu renovo o conjuro, determinando que aquele objeto me protege durante a noite (e até mesmo durante o dia, porque não?)

  • Oração: Não se esqueça da boa e velha oração ao deus ou divindade da crença do seu coração antes de dormir.


Além dessas práticas, é importante lembrar que o autoconhecimento e o fortalecimento da própria energia são essenciais para a proteção contra ataques psíquicos e energéticos. Manter-se equilibrado emocional, física e mentalmente pode ajudar a fortalecer a sua energia e resistência contra influências externas negativas.

Caso os ataques psíquicos e energéticos durante o sono persistam e causem desconforto significativo, é recomendável buscar ajuda de um profissional qualificado, como um terapeuta energético ou até mesmo um centro/ grupo espiritualista de sua confiança, que possa oferecer orientação e apoio para lidar com essas questões.

Juliana Rissardi (Bruxilds)

2 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados

MATRÍCULAS ABERTAS.
Instituto Círculo