Todos juntos podem construir e este é de fato o nosso objetivo (LAB 49)

Diário Espiritual

Participantes: Juliana, Juliano, Adriana, Mônica, Marcão e Fefa
Data: 19 de outubro de 2021
Via Zoom

Desta reunião houve apenas um registro de parte da fala do General Uchôa.

COMUNICAÇÕES

… das mais simples, às quais os senhores se encontram naturalmente envolvidos, não é?

Pois já sabem, e este foi um dos nossos trabalhos como precursores desse tipo de pesquisa, evidentemente de vanguarda, de lhes abrir o caminho da compreensão dos sofrimentos, das crises pelas quais os senhores evidentemente terão que passar juntos, mas esta palavra merece uma tônica especial da cadência deste texto produzido. Juntos, juntos, este é, antes de mais nada, espaço de amizade espontânea, sincera – como se diz hoje em dia, vulnerável – pra utilizar as palavras desse novo tempo que está surgindo. Vulnerável, empático, onde não é outra coisa senão a boa e velha proposta do Cristo da Comunidade Cristã, onde as pessoas se tratam como irmãos, como membros de uma mesma família espiritual, têm liberdade de ser quem são, sem a pretensão de parecer, para um espaço conquistarem.

Não. Aqui todos podem sentar-se na mesma roda, todos juntos podem construir e este é de fato o nosso objetivo vocês notarão naturalmente que haverá um rodízio, por assim dizer, dos espíritos comunicantes nessa reunião. Mas vocês não devem temer os novos integrantes; é que nós também, como vocês sabem, nós estamos crescendo nos departamentos aqui em cima, pra que no futuro breve os departamentos aí em baixo também cresçam. Então é natural que um ou outro consiga dar uma escapadinha, mas é preciso que vocês compreendam que cada um de vocês é patrocinado, amparado, protegido por um ou um grupo de espírito tem trabalhado junto nesse projeto. Então não estranhe essa variação de nomes, e RGs, e CPFs, por assim dizer, do mundo espiritual, pois são poucos emissários e colaboradores do nosso projeto.

Mas fiquem tranquilos que o meu processo seletivo continua sendo muitíssimo exigente, e pra que um espírito, um ser, ou seja lá que bicho for, se aproxime de vocês, passou pelo meu crivo pessoal! Porque eu cuido daqueles que estão comigo, pois sei que outrora fui também por eles cuidado. Agora, agilizem logo a questão desses procedimentos, desses equipamentos, desses projetos. Não se atenham completamente às vias oficiais mais onerosas da ciência materialista, mas encontrem os parceiros e aliados certos. Se a um jornal científico tradicional a pesquisa que este grupo empreender não for de interesse, eu tenho absoluta certeza que não faltam institutos e fundações, sobretudo nos Estados Unidos, que terão grande interesse de saber dos procedimentos e das conquistas e avanços que produzimos aqui. Portanto, não se atenham às vias mais tradicionais, pomposas.

Encontrem os vanguardistas e caminhem com eles porque é na vanguarda o lugar de pertencimento de cada um de vocês e deste grupo. Nós não estamos aqui pra trabalhar com museus; nós não estamos aqui pra trabalhar com arquivistas! Nós estamos aqui para empreender vanguarda. Portanto, precisamos voar alto com os vanguardistas e enxergar para além. O meu abraço fraterno a todos vocês, um bom jogo ao Brasil, e que nós possamos juntos como grupo marcar este gol na ciência multidimensional.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados

por Juliano Pozati
por Grazieli Gotardo