Projeto Vozes: valorização da vida e prevenção ao suicídio

Cartilha: Como falar de forma segura sobre suicídio

Neste Setembro Amarelo, mês de conscientização sobre o suicídio, o Círculo Escola traz sua contribuição sobre o tema com o apoio do Projeto Vozes. Idealizado pelo cantor e compositor Vitor Massa, o projeto surgiu da necessidade de ressignificar a dor de uma perda e utiliza especialmente da arte e da música para sensibilizar as pessoas sobre temas importantes como promoção da saúde, valorização da vida e prevenção ao suicídio. Além disso, o Projeto Vozes se conecta com as pessoas e promove conscientização na sociedade por meio de lives, bate-papos abertos e outras iniciativas voltadas ao tema.

No canal do Círculo no YouTube você pode assistir a uma conversa de Juliano Pozati com Gisele Severo (mãe do Pedro) e Gabriela Gehlen (psicóloga), que integram o projeto. A partida de Pedro, há pouco mais de três anos, uniu as pessoas próximas para levar informação responsável sobre o tema, atuando na prevenção e conscientização.   

“A cultura, a música e a produção cinematográfica nos atinge mesmo sem percebermos. Uma música que fala sobre ansiedade tocando no carro enquanto eu volto do trabalho pode me tocar e posso começar a pensar sobre isso de forma mais fácil, do que parar e assistir uma palestra sobre ansiedade, por exemplo. Todos os recursos são válidos, mas temos que pensar para além dos óbvios e a música tem esse poder. Essas são as vozes que a gente não quer calar. E poder falar sobre isso quando as pessoas estão abertas, mas também quando elas não estão esperando”, explica Gabriela, psicóloga responsável do Projeto Vozes.

Gisele Severo explica que promover o debate responsável juntamente com especialistas é imprescindível na educação e na informação da população. 

“O Projeto Vozes é uma forma da gente ressignificar o nosso luto. O Vitor é cantor e meu filho estava sempre nos shows dele. A gente se reuniu e pensou que precisávamos fazer algo para despertar mais consciência nas pessoas. O suicídio é indizível, é uma dor que dilacera. E quando acontece dentro da tua casa, não tem palavras e o tabu é muito grande”, destaca Gisele. 

ASSISTA A CONVERSA SOBRE O PROJETO VOZES 


Cartilha: Como falar de forma segura sobre suicídio

Durante muitos anos o suicídio deixou de ser pauta, devido à sensibilidade eminente e estudos sociológicos antigos em torno do assunto. Porém, dados mundiais indicam o crescente problema de saúde mental que estamos enfrentando. Foi pensando em conscientizar e informar, de forma responsável, que o Instituto Vita Alere de Prevenção e Pósvenção do Suicídio elaborou a cartilha “Como falar de forma segura sobre suicídio”. Disponibilizamos aqui, com informações direcionadas especialmente ao mundo digital. O material traz de forma clara dados, o que fazer e o que não fazer quando postar, autocuidado, prevenção e contatos de locais que apoio. 

Ouça a música Vozes, de Vitor Massa

Todo o valor arrecadado com a música “Vozes” será doado para instituições que atuam no cuidado com a saúde mental e na prevenção ao suicídio.

Saiba mais sobre o Projeto Vozes: 
https://linktr.ee/projetovozesoficial
Instagram: @projetovozesoficial

Encontre ajuda:
Pelo telefone: Centro de Valorização da Vida (ligue 188).
Na internet: cvv.org.br ou vitaalere.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados

por Grazieli Gotardo