O General na Academia de Letras e Música do Brasil

Acervo do General Uchôa

De sua proximidade com as letras, por meio dos livros e poemas que escrevia, o Acervo do General Uchôa nos mostra que ele integrou desde a sua fundação, em 1976, e até mesmo presidiu, a Academia de Letras e Música do Brasil – ALMUB, em Brasília. Como ele mesmo registrou em seu livro Uma Busca da Verdade, o convite veio da amiga Arlette Costa, que também integrou alguns anos depois o CeNEU.

A ALMUB é uma instituição de âmbito nacional, sem fins lucrativos, ainda operando na capital federal, que trabalha pela cultura nos pilares da Música e Literatura.

“A Almub nasceu com a força das grandes letras e a cadência das eloquentes notas musicais. Continua atuante, marcando presença nos meios culturais de Brasília e atenta aos movimentos de atualização de seus documentos e normas, com a determinação de quem chegou ao século 21 revigorada pelo talento de seus membros efetivos.” (www.almub.com.br)

O nome do General consta na Galeria de ex-presidentes da entidade, inaugurada em 2021, pela atual presidente, Meireluce Fernandes.

Fonte: www.almub.com.br


Neste documento referente a ALMUB, encontrado no Acervo do General Uchôa, vemos um pronunciamento feito por ele em 1983, por ocasião da entrada de três novos membros na Academia.


 

 

 

Acesse nossa editoria de conteúdo #AcervoUchôa e leia todas as matérias já produzidas sobre o trabalho no Acervo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados

Dias 05 e 06/07, com ingresso presencial ou online
Instituto Círculo