Alfabeto Mágico: O poder da palavra escrita

Quer escrever com um toque a mais de magia?

Quer escrever com um toque a mais de magia? O alfabeto ou a escrita mágica é muito utilizado no meio da bruxaria e no ocultismo no geral por tantos poderes energéticos guardados em seus símbolos. Por isso, trago neste artigo alguns alfabetos que, para além da curiosidade, você poderá usar em seu cotidiano.

Existe, claro, uma história por trás do uso do alfabeto mágico. No período Idade Média, época em que a perseguição e a morte por bruxaria começou a se intensificar, muitos eclesiásticos praticavam atos mágicos e tinham o conhecimento das artes ocultas, ciências essas ao alcance de poucos. Com a intenção de manter suas práticas e métodos,  essas pessoas guardavam seus feitos longe das autoridades da Igreja e então utilizavam de escritas pouco acessíveis à leitura para manter o sigilo.

Hoje, usamos esses alfabetos pelos mesmos motivos, para escrever feitiços, métodos e observações que queiramos esconder de olhos indesejáveis, mas também pelo fato energético. Esses caracteres possuem uma egrégora muito antiga e pode-se usar para fazer mágicas com sua potência ou até mesmo para se concentrar, pois quando estamos escrevendo em nossa língua natal fazemos isso no automático e o fato de você escrever em outro alfabeto já faz você praticar um tipo de atenção no que está fazendo e, uma das coisas mais mágicas que existem, é a concentração no ato.

Existem inúmeros alfabetos mágicos como o Cabalístico, o Enochiano, os Hieróglifos, o Angélico, o Malachim, etc… mas trarei aqui alguns exemplos por hoje:

Alfabeto Tebano

Muito antigo e sem uma data de origem registrada, foi e é usado pelos praticantes de Wicca, na bruxaria Gardneriana, que o reinventou, chamando de Alfabeto das Bruxas.

Alfabeto Futhark

Também conhecido como Runas Germânicas e usado também como um oráculo, é um dos modelos escandinavos de tantas outras variações de runas. As Runas significam mistério no inglês antigo e trazem grande poder para seus instrumentos mágicos e feitiços.

Alfabeto Ogham

O Alfabeto Ogham, de origem celta, era um alfabeto sagrado para esses povos e seus sacerdotes. Cada letra do alfabeto possui o nome de uma árvore, pois para eles cada uma era habitada por um espírito e não era tão usada para a escrita, mas sim em sua maior parte para entalhar a madeira, magias e oráculos divinatórios.

Beijos
Juliana Rissardi
Bruxilds

8 respostas

      1. Juliana
        Gostar é pouco…estou amando!!
        Muito bom o ensinamento.
        Você de bruxa tb está tpo!!👏🏻

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados

Evento aberto com inscrição prévia, dia 20 de abril.
Uma jornada de autoconhecimento.